Slideshow

História, Mulher so séc. XXI e o Poder

A nova mulher pós-moderna é mãe, esposa, dona de casa, empresária, empreendedora, arrimo de familia, e por que não Presidente da República?[...]

Leia mais!

Crônicas de uma Julieta do séc. XXI

Julieta Augusta era como toda jovem do séc XXI, principalmente no quesito resvoltada sem causa. Aliás não diria que faltasse motivos para revolta já que sua mãe teve a infeliz ideia de lhe presentear com um nome duplo.[...]

Leia mais!

Crônicas de uma Julieta do séc. XXI - 2ª parte

Na teoria as coisas sempre funcionam melhor que na prática e não seria diferente no caso de Julieta e Carlos. Neste ponto é preciso abrir um[...]

Se você gostou,

Leia mais!

Curiosidades da História da Publicidade no Brasil

A década de 80 seria a década da mais rápida e de definitiva transformação econômico-política internacional de que se teve notícia no século. O começo dos anos 80 seria o início do amadurecimento do mercado editorial brasileiro, em termos mercadológicos.[...]

Leia mais!

Rock In Rio 2011: Novidades do Fsetival

O Rock in Rio completou no início deste mês 26 anos desde sua estreia , em 1985. Neste meio tempo, foram muitas histórias e momentos inesquecíveis que transformaram toda uma geração[...]

Leia mais!

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Selo EU SOU

Minhas amigas Denize Oliveira do Blogger Blogdacomentarista.blogspot.com e a Elizabeth Ribeiro do Blogger Paradoxofeminino.blogspot.com me presentearam com este lindo selo . Sua regra é repassá-lo para 21 amigas e se descrever com uma poesia. Bom... não saiu uma poesia, afinal estou longe de ter a sensibilidade necessária para escrever em versos, mas como sempre aceito todos os desafios e tentei me descrever ... rsrs

Eu Sou

Sou um menina travessa que habita o corpo de uma mulher fogosa,
uma guerreira destemida que busca realizar todos os seus sonhos.
Sou uma moleka que brinca, rí, conta piadas, senta no chão com os cachorros ...
mais que na hora "H" é séria e dá conta do recado.

Sou risonha, sou chorona ... agitada e estressada...
baixinha, atentada, posso ser um  anjo e também um demônio...
Serei tua amiga fiel até a morte, pode confiar em mim...
Mas se me apunhalar ... suma da minha frente, sou vingativa Sim  .

Às vezes uma romântica inveterada, em outras cética até demais...
Sou intensa, se amo não há como deixarem de notar...
se odeio ... não consigo esconder no olhar...
Se desejo transparece em minha fala e escrita...
Sou assim transparente em meus sentimentos...
se isso é qualidade ou defeito dependerá do olhar de quem vê.

Tenho a escrita e a leitura como paixões ... algo natural  
nesta Jornalista que ama a profissão que escolheu ...
Sou comunicativa ao extremo ... então se me verem quieta
podem estar certos ... estou triste.
Enfim ... esta SOU EU , Márcia Canêdo !!!!



Bom não sou poetisa, tentei aqui me descrever seguindo mais ou menos a regra do Selo Eu Sou.Espero que tenham gostado e que minhas indicadas também curtam essa forma de passar um pouquinho mais de sí pros amigos.

Minhas indicadas são as amigas:(muitas sei que já foram indicadas, mas as indico pelo carinho que tenho por elas)

Claudine Ribeiro do http://www.claudinenetto.com
Valéria - Kitmell do http://kitmell.blogspot.com
Marilene Silva do  http://tapajonica.blogspot.com
Marli Fernandes do http://marli.dihitt.com.br



Márcia Canêdo

By JORNALISMO ANTENADO with 21 comments

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Crônica sobre a Amizade

Amizade


Amizade quer dizer companheirismo, cumplicidade, lealdade, compreensão, altruísmo e muito mais...!
Nela só pode conter coisas boas, senão não seria Amizade...
Ter um amigo é poder confiar plenamente, é estar sempre disposto a ajudar nos momentos de dificuldade, é poder contar os nossos segredos, sabendo que, apesar do amigo ter outros amigos, nossa confidência estará segura e ninguém mais saberá o que foi dito.

É estar sempre pronto a dar o ombro para que possamos chorar sem constrangimento e ouvir palavras de consolo e de apoio, se não for possível ajudar de outra forma.
Não precisamos ver o amigo todos os dias, mas temos a certeza que ele está em algum lugar, nos esperando quando a necessidade surgir.

O amigo nos encoraja, nos dá ânimo e nos levanta quando caímos.
Entram em nossa vida silenciosamente, porque é um enviado de Deus, um anjo para nossos momentos de tristeza...
Tem um sorriso aberto e as mãos sempre estendidas, dispostas à doação.
Mesmo estando longe de nossas vistas, estará sempre em nosso pensamento e em nosso coração.

A amizade é um tesouro inesgotável, e temos que saber preservar e cultivar como a uma planta, que só permanecerá viva se cuidarmos com carinho, amor e lealdade.
Seu significado é igual ao amor fraterno, sincero quando verdadeiro, e que maldade alguma pode destruir!
A amizade é um sentimento sublime, um cristal raro de se encontrar, mas que ainda não se perdeu, apesar do mundo em que vivemos, onde o egoísmo e o egocentrismo estão entorpecendo as pessoas, tornando-as insensíveis.

Não podemos e nem devemos perder um amigo, por uma leviandade nossa, se isto acontecer, o cristal terá se quebrado e, já não será como antes, mesmo que consigamos colar os pedacinhos..
O verdadeiro “Amigo” é aquele em que podemos confiar, sem medo, que caminha ao nosso lado, e terá sempre o seu lugar guardado em nosso coração.
Não precisamos ter muito amigos, um é suficiente para nos consideramos privilegiados.



"Feliz é aquele que pode dizer: eu tenho um amigo !!!"
 
Vanda Dias da Cruz
 
Fevereiro chega amanhã ao seu final e devido a inúmeros fatores resolvi dedicar a última crônica do mês à Amizade. A algum tempo eu mesma escrevi um texto sobre o tema, desta vez resolvi pegar emprestado este tributo a um dos sentimentos que considero mais importantes em nossas vidas.   

A exatos 10 dias fiz aniversário e neste ano particularmente fiquei muito feliz com a data, primeiro porque passei com minhas sobrinhas e familia (pena que minha mãe e irmã mais novas não estavam lá.. ) e fora isso o que mais me alegrou de fato,  foi a imensa quantidade de carinho demosntrado por meus amigos presenciais e virtuais . Recebi inúmeros cartões virtuais, homenagens na forma de posts , selos, comentários dos mais diversos, além de mensagens via SMS , telefonemas e claro visitas na minha casa. Existe maior presente para alguém que receber demonstraçoes de carinho e amor daqueles que  consideramos importantes em nossa vida?!  Pra mim não ...  não troco isso por nada. 

Amigo é aquela pessoa que de tão íntimo você admite que te chame a atenção, quando vê que você está passando dos limites. É a quem você recorre quando toma aquele fora do gato(a) porque sabe que ali encontrará um ombro pra chorar e conselhos a receber.  É quem escuta suas reclamações sobre o chefe ou como sua mãe/pai estão pegando no seu pé. Te faz rir de coisas sem nexo, zomba de você se fica de pileque numa festa, mas liga todo preocupado no outro dia para saber se acordou bem. Tenta te ajudar nas horas difíceis, quando você está com a cabeça tão cheia que não consegue achar solução , mas te confronta se achar que a culpa é sua pelo acontecido. Isto é ser amigo.... saber reconhecer nossas qualidades, mas nos amar com todos os defeitos que possuimos. E sejam eles "reais" ou "virtuais" não deixam de nos tocar menos o coração e agradecer ao Criador por tê-los colocado em nosso caminho.

Sou feliz por poder dizer que possuo muitos amigos, alguns que já carregam a alcunha de irmãos de tanto que os considero. Gosto de cada um de forma única por esse motivo não citarei nomes, seria injustiça se deixasse de falar  algum. Mas saibam todos aqueles que carinhosamente chamo de AMIGO(A) que podem contar sempre comigo e que moram em meu coraçao!! Obrigada por existirem no jardim de minha existência!!!

Márcia Canêdo 

By JORNALISMO ANTENADO with 26 comments

Maior terremoto em 25 anos no Chile já chega a 147 vítimas

Vítimas de terremoto no Chile já chega a 147

Segundo o States Geological Service (USGS), um terremoto de magnitude 8,8 atingiu na o centro-sul do Chile, na madrugada deste sábado, 27. Após o primeiro tremor, na região de Bio Bio – a cerca de 320 quilômetros ao sul da capital chilena, Santiago, e 91 quilômetros ao norte de Concepción -, a região foi atingida por um segundo, por magnitude 6,2.
“Quero pedir calma”, disse a presidente chilena, Michelle Bachelet, ao convocar uma reunião de emergência para discutir as medidas após o tremor às 5h, horário local.
Um alerta de tsunami foi emitido para as zonas costeiras do Chile, Equador e Peru, e depois estendido para a Colômbia, Panamá, Costa Rica e Antártida.

Moradores da capital relatam que sentiram tremores entre dez e 30 segundos. Graciela Martín, de Mendoza, no lado argentino da fronteira andina, afirmou que “deste lado da fronteira, sentimos um tremor de cerca de um minuto.” Há inclusive depoimentos de pessoas que dizem ter sentido os efeitos no Brasil. A Defesa Civil de São Paulo confirmou os relatos, mas disse que não há danos ou vítimas.
O terremoto, de cerca de um minuto de duração, ocorreu às 3h34 (horário local de verão, o mesmo de Brasília) e atingiu atingiu a região central do Chile, perto de Concepción, 400 km ao sul de Santiago. Na capital chilena, a 325 km de distância, o terremoto estremeceu diversos prédios e várias regiões da cidade ficaram sem energia. Com medo, muitos chilenos saíram às ruas.

Em entrevista coletiva, a presidente do Chile, Michelle Bachelet, pediu união dos setores público e privado na reconstrução dos setores essenciais do país. Bachelet, que sobrevoou regiões afetadas de helicóptero, disse que a destruição provocada pelo tremor poderia ter causado um número ainda maior de mortos, o que mostra que muitas pessoas conseguiram deixar suas casas no momento da tragédia.

O tremor foi sentido nos países vizinhos, inclusive no Brasil. O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil de São Paulo informaram que receberam chamados para verificar pequenos tremores em vários bairros da capital paulista. O terremoto atingiu a região central do Chile, perto de Concepción, 400 km ao sul de Santiago, segundo o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês). O epicentro do tremor foi localizado no mar, a 35 km de profundidade, em Maule, a 99 km da cidade de Talca.
O maior terremoto a atingir o Chile no século XX foi um tremor de magnitude 9,5, que atingiu a cidade de Valdívia em 1960, deixando 1.655 mortos.

 
Lamentavelmente mais uma catástrofe natural atinge o mundo e deixa um rastro de morte e consequências ainda apenas imaginadas, mas que não podem por enquanto ser mensuradas. O Chile sofreu nesta madrugada o maior tremor  de terras depois de 25 anos. No momento já foram computadas 147 mortes e não se sabe ainda a extensão de todo o problema. 
 
Em São Paulo, a 2.850 km do epicentro, foram registradas pelo Corpo de Bombeiros mais de 100 ligações de pessoas preocupadas com o terremoto. Pequenos tremores foram sentidos em alguns bairros , sendo que a região da Avenida Paulista foi a mais afetada por ser uma das mais altas da cidade. Além do Brasil, o tremor também foi sentido por algumas províncias da Argentina e ema lgumas houve até corte de energia.
 
A natureza mostra sua força deixando um rastro de destruição e mortes. Desta vez foram os tremores de terra no Chile, mas desde dezembro  São Paulo viveu momentos de terror devido a enchentes provenientes de fortes chuvas, onde pelo menos 78 mortes foram registradas. No último sábado chuvas torrenciais fizeram vítimas na Ilha da Madeira, em Portugal que se transformou em um lamaçal ondehouve pelo menos 42 mortes. Não podemos deixar de relembrar o terremoto em janeiro no Haiti , que além de abalar as estruturas de todo país, deixou quase 200 mil vítimas.
Márcia Canêdo

By JORNALISMO ANTENADO with 4 comments

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Cresce apreensão de cocaína no Brasil segundo ONU

As apreensões de cocaína no Brasil vêm aumentando consideravelmente nos últimos anos e mais do que dobraram desde o início da década, segundo informa um relatório divulgado nesta quarta-feira pela Organização das Nações Unidas (ONU). O documento da Junta Internacional Fiscalizadora de Entorpecentes (Jife) indica que as apreensões de cocaína no Brasil totalizaram 19,7 toneladas em 2008, um aumento de cerca de 15% em relação ao ano anterior.As apreensões de maconha no Brasil, por outro lado, tiveram uma pequena queda em 2008, segundo o relatório da Jife. Naquele ano, o Brasil apreendeu 187,1 toneladas da droga, contra 199 toneladas no ano anterior.

 
A quantidade de cocaína apreendida pelo Brasil mais do que dobrou em relação a 2001, o primeiro ano com estatísticas disponíveis. Naquele ano, foram apreendidos pelo país 8,3 toneladas da droga.No mesmo período, as apreensões de cocaína no México, país com perfil semelhante ao do Brasil (ambos são países utilizados para o trânsito da droga entre os países produtores e consumidores, mas também têm um mercado consumidor interno), teve uma queda de 30 toneladas apreendidas em 2001 para 19,3 toneladas em 2008.O relatório da Jife afirma que "as fronteiras permeáveis e longas áreas costeiras na América do Sul são um desafio para as autoridades de controle do tráfico de drogas na região".

 
Segundo o documento, em toda a região houve "um aumento no uso de aeronaves leves com números de registro falsos ou roubados, operando em pistas de pouso pequenas e privadas, em áreas remotas, para transportar cocaína". Cerca de metade da cocaína apreendida pelo Brasil em 2008 havia sido traficada por rotas aéreas. A Jife também relata um aumento no uso das chamadas "mulas" (pessoas que transportam a droga no próprio corpo) e do transporte da cocaína dissolvida em líquidos.

 
O relatório da ONU adverte ainda para a "diversificação" verificada nos negócios das organizações criminosas dedicadas ao tráfico de drogas na América do Sul.Segundo a Jife, essas organizações "parecem estar se expandindo para áreas de atividade ilícita não previamente associadas aos problemas com drogas na região".A organização afirma ter verificado em vários países da região tentativas de desviar substâncias utilizadas para a fabricação de estimulantes do tipo anfetamina, como o ecstasy.

Em 2008, foram registrados os primeiros desmantelamentos de laboratórios ilegais para a fabricação de ecstasy na região, na Argentina e no Brasil.Após o fechamento de um laboratório e a apreensão recorde de 132 mil unidades de ecstasy no Brasil em 2008, um novo laboratório foi localizado e fechado no país no ano passado.Para a Jife, a América do Sul, que já era considerada uma das grandes áreas de destino do ecstasy produzido principalmente na Europa e na América do Norte, está se tornando também uma grande produtora da droga."Segundo o último relatório da Organização Mundial Alfandegária, em 2008 foram registradas apreensões de ecstasy originário do Brasil, do Chile e do Suriname na Holanda e na Suécia", afirma o relatório.

Fonte de pesquisa: www.globo.com
 
Pelo que podemos observar pela pesquisa da ONU o problema do Brasil com as drogas está longe de diminuir. Se antes os pais se preocupavam se os filhos estavam experimentando a maconha, a um bom tempo já perceberam que a as drogas mais consumidas veem sendo a cocaína e o ecstasy. Nas baladas, portas de escolas e cantinas de faculdades, a facilidade em encontrar quem revenda o produto esta a cada dia maior.
 
Um dos grandes problemas no combate ao narcotráfico do Brasil , que enfrentamos é a dificuldade com nossas enormes fronteiras, falência de policiais federais para fiscalizar, poder financeiro dos traficantes, que em muitos casos corrompem a polícia, e o crescimento das facções criminosas, que se aliaram e dominam o tráfico .


Na ajuda ao combate às drogas não apenas a familia deve estar atenta, mas também a escola precisa atuar neste sentido. Segundo o Canal do Eucador, "o educador pode implantar atividades vinculadas ao tema, muitos professores e também grande parte das direções pensam ou indagam sobre o conteúdo programático e o tempo gasto para concluí-los e que as pausas para as discussões sobre o tema podem prejudicar, esquecem que a palavra “educação” é bem mais abrangente, trata-se da formação do indivíduo como um todo de maneira que possa integrar a sociedade pronto para a vida. Se a função da escola é educar, por que não ensinar as nossas crianças, adolescentes e jovens sobre o risco que correm no uso de drogas? "

Enfim se é cada vez mais crescente a entrada e consumo de drogas no país, mobilização contra deve ser preservada e divulgada sempre que possível.

Márcia Canêdo

By JORNALISMO ANTENADO with 20 comments

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Exigências da Vida Moderna

A crônica desta semana é do grande escritor Luís Fernando Veríssimo de quem não escondo ser fã.Esta em especil tem todo um tom irônico que ao mesmo tempo nos faz rir, também leva-nos a refletir sobre a efêmeridade do tempo . 

EXIGÊNCIAS DA VIDA MODERNA


Dizem que todos os dias você deve comer uma maçã por causa do ferro.
E uma banana pelo potássio.
E também uma laranja pela vitamina C. Uma xícara de chá verde sem açúcar para prevenir a diabetes.
Todos os dias deve-se tomar ao menos dois litros de água. E uriná-los, o que consome o dobro do tempo.

Todos os dias deve-se tomar um Yakult pelos lactobacilos (que ninguém sabe bem o que é, mas que aos bilhões, ajudam a digestão). Cada dia uma Aspirina, previne infarto. Uma taça de vinho tinto também. Uma de vinho branco estabiliza o sistema nervoso. Um copo de cerveja, para... não lembro bem para o que, mas faz bem. O benefício adicional é que se você tomar tudo isso ao mesmo tempo e tiver um derrame, nem vai perceber.

Todos os dias deve-se comer fibra. Muita, muitíssima fibra. Fibra suficiente para fazer um pulôver.
Você deve fazer entre quatro e seis refeições leves diariamente. E nunca se esqueça de mastigar pelo menos cem vezes cada garfada. Só para comer, serão cerca de cinco horas do dia...

E não esqueça de escovar os dentes depois de comer. Ou seja, você tem que escovar os dentes depois da maçã, da banana, da laranja, das seis refeições e enquanto tiver dentes, passar fio dental, massagear a gengiva, escovar a língua e bochechar com Plax. Melhor, inclusive, ampliar o banheiro e aproveitar para colocar um equipamento de som, porque entre a água, a fibra e os dentes, você vai passar ali várias horas por dia.
Há que se dormir oito horas por noite e trabalhar outras oito por dia, mais as cinco comendo são vinte e uma.

Sobram três, desde que você não pegue trânsito. As estatísticas comprovam que assistimos três horas de TV por dia. Menos você, porque todos os dias você vai caminhar ao menos meia hora (por experiência própria, após quinze minutos dê meia volta e comece a voltar, ou a meia hora vira uma).

E você deve cuidar das amizades, porque são como uma planta: devem ser regadas diariamente, o que me faz pensar em quem vai cuidar delas quando eu estiver viajando.
Deve-se estar bem informado também, lendo dois ou três jornais por dia para comparar as informações.

Ah! E o sexo! Todos os dias, tomando o cuidado de não se cair na rotina. Há que ser criativo, inovador para renovar a sedução. Isso leva tempo - e nem estou falando de sexo tântrico.

Também precisa sobrar tempo para varrer, passar, lavar roupa, pratos e espero que você não tenha um bichinho de estimação. Na minha conta são 29 horas por dia
A única solução que me ocorre é fazer várias dessas coisas ao mesmo tempo! Por exemplo, tomar banho frio com a boca aberta, assim você toma água e escova os dentes. Chame os amigos junto com os seus pais. Beba o vinho, coma a maçã e a banana junto com a sua mulher... na sua cama.

Ainda bem que somos crescidinhos, senão ainda teria um Danoninho e se sobrarem 5 minutos, uma colherada de leite de magnésio.

Agora tenho que ir.
É o meio do dia, e depois da cerveja, do vinho e da maçã, tenho que ir ao banheiro.
E já que vou, levo um jornal... Tchau!

Viva a vida com bom humor!!!

Luís Fernando Veríssimo
 
Veríssimo é magistral com as palavras, isso é fato. Esta crônica sempre me chamou muito a atenção tanto pelo tom irônico , algo característico do autor, como por suas verdades relatadas. Porque convenhamos nosso dia-a-dia é assim mesmo, claro não ao pé da letra, mais bem próximo disso. Nos tornamos escravos do tempo, do relógio, correndo de uma lado ao outro sem a mínima qualidade de vida . Passamos os dias buscando fazer mais coisas em menos tempo possível, se pararmos pra escutar cada orientaçao nova deixamos de comer vários alimentos e ingerimos outros tantos indiscriminadamente. Agora me diz: isso é normal? Isso é vida? Para mim é sobre-vida, sim sobrevivemos a esse corre corre incessante porque afinal na opinião da maioria é assim que deve ser.
 
Que tal pararmos simplesmente para conversar com os aigos, ouvir  música (sem estarmos necessariamente conectados a rede, dividindo a atenção), passearmos com nossos animais de estimação ou pelo menos dedicar uns minutinhos do dia em afagá-lo e dizer que o ama. Que tal não deixarmos para amanhã, aquele pedido de desculpa ou aquele telefonema que a tempos vem protelando. Nos esbaldarmos num pote de sorvete sem a neura de quantas calorias você está ingerindo ou apenas tomar aquele copo de suco antural, porque gosta , não porque faz bem a saúde. Dizer Eu Te Amo aquem seu coração pulsa e sorrir pelo simples fato da pessoa estar viva e bem.
 
O tempo é curto, voa e não conseguimos fazê-lo voltar, inexoravelmente ele passa e quando vemos deixamos de fazer tantas coisas e o arrependimento é certo quando isso acontece. Longe de mim incitar loucuras e atitudes drásticas, apenas peço que não deixem seu relógio biológico virar um incessante girar de ponteiros enquanto sua vida passa e você nao a vive realmente.
 
Márcia Canêdo

By JORNALISMO ANTENADO with 18 comments

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Mais um aninho de vida!!

Menina, moleca, mulher, fatal (quando deseja..rs), risonha, amiga, sincera, feliz ... baixinha, invocada, levada, estressada ... sensual, agitada, comunicativa e franca até demais ...  guerreira, decidida, apaixonada pela vida e por sua profissão ... amorosa e alguns diriam romântica (será?!rs) ... UFFA ... até sem fôlego depois dessa descrição ... sou tudo isso e muito mais, quem me conhece realmente sabe que é verdade...rsrs 

A exatos 34 anos nascia Márcia Canêdo, filha do operário Sebastião e da costureira Madalena. O calor que fazia em 17/02/76 era tanto que essa aquariana nata não via a hora de estreiar nesse mundo  e para tanto nem esperou sua mãe ir para a mesa de parto ... kkkk  (me defendo dizendo que não queria perder o carnaval né gente...rsrsrs) Perceberam que eu já era agitada desde o nascimento não é?! Pois bem, cresci da mesma forma e fui uma criança que aproveitou bastante. Brinquei de pique, polícia e ladrão, subi e cai de árvore, vivia com os joelhos arranhados e não me envergonho de contar isso ... fui criança mesmo.

A Márcia adolescente era uma visionária, romântica inveterada, pensava mil e uma coisas, mas um sonho e ideia  era fixo: Ser Jornalista. O tempo ( ah o tempo que não conseguimos parar ou fazer voltar...) foi passando e muita coisa aconteceu em minha vida e familia. Meu irmão se casou, 3 anos depois foi a vez da irmã mais velha. Em 1991 começaram a vir os sobrinhos, xodós dessa tia coruja aqui. Algum tempo depois as coisas começaram a ficar confusas, meu pai já doente, todos mobilizados , mas em 96 o inevitável aconteceu e ele desencarnou. Apesar de ter 20 anos na ocasião, se pudesse retornava ao útero de tão pequenininha me senti neste momento. 

O início da realização de seu sonho ainda demora 9 anos para acontecer e somente em 2005 começo a fazer o curso de jornalismo. Trabalho no comércio durante o dia e faculdade a noite entre grandes amigos conquistados nesse período de 4 anos muita luta, dificuldades a serem vencidas, alegrias e uma monografia para fazer e apresentar.  

2009 foi o ano "D", de emoções fortes e conflitantes. No mês de janeiro concentrada na formatura, três dias de eventos , onde eu não me cabia de tanta felicidade e emoção ( até hoje não sei como consegui ler junto com uma amiga a homenagem aos pais ausentes ... só eu sei o medo da voz não sair e não conseguir controlar o choro). Em fevereiro três dias antes de meu niver, na colação unificada da faculdade, emocionei minha familia ganhando uma medalha pela maior média global da turma (minha mãe chorando e eu com cara de boba, pois nunca cogitei acontecer isso.. kkk )  

O restante do ano foi estranho, com altos e baixos, momentos de dúvidas, de esperança, de fazer novas e grandes amizades, de sentimentos intensos e também de dedicação em conseguir um emprego como jornalista ( que ainda não consegui, mas continuo confiante em encontrar quem acredite em meu potencial.).  Fora essa estranhesa, foi também em 2009 que a minha paixão pela escrita me levou a assumir o lado blogueira e fiz do Jornalismo Antenado palco de minhas reflexões, emoções, excentricidades e notícias e mais notícias.

 Um belo dia um amigo me apresenta ao site Dihitt e naquele universo de blogueiros a Márcia Canêdo amadureceu um pouco mais. Ali fiz bons e grandes amigos(as), aprendi a gostar mais de poesia com grandes escritores : Ebrael, Valéria, Joana, Sereníssima, Lauro, Rosana, Franck, Luisa, Sissym e tantos outros que me emocionaram e sensibilizaram a alma para esse universo literário. Fora claro os textos, artigos, notícias, crônicas, que amei ler e comentar.

Em meio a tantas emoções fortes, 2009 chegou ao fim e mais um ano está agora em curso na minha vida , fecho um ciclo e reinicio outro. São 34 anos de garra, luta, esperança, muito amor no coração, transparência e fidelidade aos meus sentimentos que defendo com unhas e dentes. O que me reserva mais esse ano de vida , não saberia prever. Sonhos e desejos no coração  tenho muitos e estou buscando a realização para cada um deles. Como diz um dos sambas enredo mais lindos que conheço: "Como será o amanhã, responda quem puder ... o que irá me acontecer ...  o meu destino será como Deus quiser... "



Márcia Canêdo       

By JORNALISMO ANTENADO with 42 comments

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Vamos nos permitir...

Sábado de carnaval e de crônica aqui no Blogger Jornalismo Antenado. Alguns vão pra folia outros aproveitam a data para refletir, descansar, tomar sol nas praias e piscinas, curtir a familia. Esta semana resolvi fazer diferente, acordei na manhã de quinta feira  com vontade de escrever uma crônica, desabafar sentimentos de cidadã brasileira que sou , expressá-los em prosa. Curiosamente em menos de uma hora saiu o artigo abaixo, que reflete um pouco do que sinto a respeito do momento que vivemos em nosso país. Espero que gostem e peço aos que não concordarem com minhas opiniões que deixem também seus comentários, o interessante de escrever é justamente esse feed back, onde descobrimos como o texto foi absorvido pelo leitor. Vamos a crônica então. 

Vamos nos permitir...

"Paz, Carnaval, Futebol..não mata não engorda e não faz mal" ... é o que diz a letra de um dos famosos hits baianos. Será verdade?! O brasileiro convencionou dizer que o ano só começa depois do carnaval, mas como podemos pensar assim se já iniciamos com carnês de IPTU, IPVA, listas de material escolar, mensalidades já a serem pagas. Como o ano começa depois da festa do mômo se as prestações feitas no natal, já estão começando a vencer? Portanto, pura ilusão pensarmos desta forma. Fora o fato que 2010 já iniciou de forma atípica com catástrofes, enchentes, desabamentos de terra, muita desgraça e morte em vários estados. Alguns fazem em 4 dias coisas que ao longo do ano não se permitiriam, mas esquecem-se que consequências podem advir de seus atos. 

Bom, se o pensamento é "vamos viver a vida porque ela é curta", como nos esquecemos que este é um ano de eleição presidencial mas nos lembramos que a copa da África está prestes a acontecer? As prioridades que estão mudando ou será que somos "adestrados" para nos atermos nas festividades e no esporte e deixarmos de lado algo que pode melhorar ou piorar nossas vidas. Longe de mim dizer que não precisamos de distração e diversão. Só me preocupa realmente o fato de muitos saberem a escalação de seu time no campeonato estadual de 1998, mas ainda não se preocupar em quem são os possíveis candidatos à presidência do país em 2010. Fácil seria dizer que tudo isso é culpa da mídia que "manipula as informações" e  desvia nossa atenção, ao invés de admitrmos que ficamos alheios ao que acontece ao nosso redor. Afinal, se posso culpar o vizinho para que me preocupar?! Nos tornamos o país do bolsa família, bolsa gás, cotas para negros, como se essas medidas efetivamente fizessem alguma diferença no futuro do Brasil.

"Vamos viver tudo que há para viver ... vamos nos permitir" diz o refrão da música de Lulu Santos. Devemos sim nos permitir sonhar com um futuro melhor para nossas crianças e para o meio ambiente. Mas precisamos nos conscientiar que está em nossas mãos boa parte das mudanças que almejamos. Cabe a cada um fazer a diferença, deixar de viver seu mundinho particular e pensar um pouco mais no coletivo.

Como a crônica hoje foi de  minha autoria, aliás espero que tenha ficado no mínimo coerente, pois não sou cronista. Minha reflexão você já conhecem então deixo uma música que retrata bem a indignação de milhares de brasileiros que comungam de minha opinião. 

Márcia Canêdo



Brasil ( Cazuza)

Não me convidaram
Pra esta festa pobre
Que os homens armaram
Pra me convencer
A pagar sem ver
Toda essa droga
Que já vem malhada
Antes de eu nascer...

Não me ofereceram
Nem um cigarro
Fiquei na porta
Estacionando os carros
Não me elegeram
Chefe de nada
O meu cartão de crédito
É uma navalha...

Brasil!
Mostra tua cara
Quero ver quem paga
Pra gente ficar assim

Brasil!
Qual é o teu negócio?
O nome do teu sócio?
Confia em mim...

Não me convidaram
Pra essa festa pobre
Que os homens armaram
Pra me convencer
A pagar sem ver
Toda essa droga
Que já vem malhada
Antes de eu nascer...
 
Não me sortearam
A garota do Fantástico
Não me subornaram
Será que é o meu fim?
Ver TV a cores
Na taba de um índio
Programada
Prá só dizer "sim, sim"

Brasil!
Mostra a tua cara
Quero ver quem paga
Pra gente ficar assim
Brasil!
Qual é o teu negócio?
O nome do teu sócio?
Confia em mim...

Grande pátria
Desimportante
Em nenhum instante
Eu vou te trair
Não, não vou te trair...

Brasil!
Mostra a tua cara
Quero ver quem paga
Pra gente ficar assim

Brasil!
Qual é o teu negócio?
O nome do teu sócio?
Confia em mim...
Confia em mim

Brasil!!

By JORNALISMO ANTENADO with 14 comments

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

O que marcou o dia 11 de fevereiro ao longo dos anos?

Nossa, como um mês passa rápido não é verdade?! Fato é que o Jornalismo Antenado tem o prazer de apresentar a Terceira edição da  Série Fatos que Marcaram Época. Os protagonistas dessa nova viajem no tempo são nada menos que René Descartes, Oswaldo Cruz, Beatles , o ônibus espacial Challenger, entre outros tantos eventos que marcaram o dia 11 de fevereiro ao longo dos anos. Bom deixemos de enrrolação e vamos a eles...

Eventos Acontecidos em
11 de Fevereiro


1650 - Morre René Descartes, filósofo e matemático francês.

1847 – Nasce Thomas Edson, inventor norte-americano.Entre as suas contribuições mais universais para o desenvolvimento tecnológico e científico encontra-se a lâmpada elétrica incandescente,Edison é um dos precursores da revolução tecnológica do século XX. Teve também um papel determinante na indústria do cinema.

1917- Falece Oswaldo Cruz, médico e sanitarista que foi uma das figuras mais importantes no desenvolvimento da saúde pública no Brasil.

1917 – Nasce Sidney Sheldon, escritor de best sellers americano , com milhares de leitores em todo o mundo.

1922 - Inicia-se a Semana de Arte Moderna, evento que é o marco inicial do Modernismo no Brasil.

1929 - Santa Sede e Itália firmam o Tratado de Letrão, em que se cria o Estado Pontifícioe a Cidade do Vaticano. Garante-se a soberania da Igreja na Cidade do Vaticano e fixa-se a religião católica a oficial do país.

1932 - Criação da Universidade Federal de Santa Catarina.

1959 - A queda de um avião mata o cantor e compositor Buddy Holly, um dos pioneiros do rock¿n roll, e os músicos Ritchie Valens, famoso pela música La Bamba, e J.P. Big Bopper Richardson.

1962 - O presidente americano John F. Kennedy determina o fim do comércio com Cuba, estabelecendo um bloqueio político e econômico.

1964 - Os Beatles realizam seu primeiro concerto ao vivo nos Estados Unidos, em Washington.

1973 - Emerson Fittipaldi, correndo pela Lotus, vence o Grande Prêmio de Fórmula 1, disputado em São Paulo.

1975 Margaret Thatcher é eleita presidenta do Partido Conservador Britânico.

1979 - Revolução Iraniana: o aiatolá Khomeini toma o poder.

1982 - O Partido dos Trabalhadores ( PT ) é reconhecido oficialmente pelo Tribunal Superior de Justiça Eleitoral brasileiro.

1984 - O ônibus espacial Challenger aterrisa na Terra, após onze días de permanência no espaço.

1990 - Nelson Mandela, líder do Congresso Nacional Africano da àfrica do Sul, sai da prisão, após 27 anos de cárcere.

1991 - O Pasquim, uma publicação que atacava com humor a ditadura militar no Brasil, deixa de circular.

1998 - É solta e extraditada de volta ao Brasil Lamia Maruf Hassan, condenada à prisão perpétua pelo governo de Israel por ter participado do seqüestro e da morte de um soldado israelense em 1984.

2004 - É tornada pública uma investigação de suspeita de lavagem de dinheiro envolvendo a esposa de Yasser Arafat, Suha.

2007 - Em Portugal, um referendo nacional não atinge quorum necessário, mas a uma ligeira maioria dos votantes escolhe a despenalização do aborto (interrupção voluntária da gravidez) realizada a pedido da mulher durante as primeiras dez semanas de gravidez.

Fonte: www.terra.com.br ; www.google.com.br

Esta série tem me feito rever fatos que normalmente não lembraria sem que fizesse essa pesquisa para o artigo. Isto ocorre porque  temos uma memória seletiva, relembramos fatos que nos aconteceu quando crianças, mas acontece de esquecermos o que almoçamos no dia anterior. O mês de fevereiro para mim é especial por diversos motivos, dentre eles ser nele que faço aniversário e a comemoração do carnaval que sempre foi uma festa   muito presente em minha vida, hoje nem tanto devido a vários fatores .


De todos os fatos aqui hoje relembrados, destaco a Semana de Arte Moderna que representou uma verdadeira renovação de linguagem, na busca de experimentação, na liberdade criadora que rompe com o passado , pois a arte passou então da vanguarda, para o modernismo. Um outro fato que, a meu ver, merece destaque também nesse passeio pelo tempo foi o reconhecimento da Justiça Eleitoral a respeito do Partido dos Trabalhadores, responsável pelos dois últimos governos no Brasil.  O PT surgiu, rejeitando tanto as tradicionais lideranças do sindicalismo oficial, bem como também procurando colocar em prática uma nova forma de socialismo democrático. De lá pra cá muita coisa mudou, muito de sua ideologia foi se dissolvendo, porém a essência se manteve viva e mesmo com todas as CPIs dos últimos anos , folgo em dizer que nunca vivemos um perído de tanto crescimento no país.

Bom esse foi nosso passeio aos 11 de fevereiros do passado ... espero que vocês tenham gostado e que aguardem ansiosos quais as supresas e descobertas nos reserva o mês de março.

Márcia Canêdo

By JORNALISMO ANTENADO with 16 comments

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Entendendo o inimigo

Como prometido o Jornalismo Antenado traz hoje mais uma crônica para nossa reflexão semanal. Esta semana a indicação veio de meu amigo e colaborador aqui no blogger, o  Ebrael Shaddai. O escritor escolhido dispensa muitas apresentações devido a sua projeção nacional e internacional no mundo da literatura. O carioca Paulo Coelho,já teve suas obras para 56 idiomas em mais de 150 países. O livro O alquimista, o primeiro de grande repercussão lançado em 1988, teve mais de 11 milhões de cópias vendidas em todo o mundo. Além de escritor, Paulo também foi responsável como compositor de vários sucessos de Raul Seixas, tais como, "Eu nasci há dez mil anos atrás", "Gita", etc. 
O tema da semana é "Entendendo o inimigo" e foi dividido em duas pequenas histórias, a primeira tratando do inimigo externo e a segunda do inimigo interno.

O inimigo externo

O leitor Murali, um indiano, conta a história de uma garota, que resolveu subir até o alto de uma montanha para visitar sua avó. Chovia a cântaros, o vento frio soprava, e trovões pipocavam a cada segundo.

Quando já estava quase chegando ao seu destino, sentiu algo roçando seus pés. Ao olhar para baixo, viu que era uma cobra.

- Eu estou quase morrendo - disse a serpente. – Está muito frio não há comida nesta montanha, por favor, me proteja! Coloque-me debaixo do seu casaco, salve minha vida, e eu serei sua melhor amiga.

Apesar da tempestade, a menina parou e começou a refletir. Olhou a pele dourada e verde da serpente, e disse para si mesmo que jamais tinha visto algo tão belo. Pensou o quanto deixaria com inveja os seus amigos de classe, ao aparecer com uma cobra que a defenderia de tudo. Finalmente disse:

- Está bem. Eu vou salvá-la, porque todos os seres vivos merecem carinho.

A cobra ficou amiga da menina, serviu para assustar as pessoas agressivas no colégio, fez companhia nos dias solitários. Até que uma noite, quando ela estava fazendo suas lições de casa, sentiu uma dor aguda no pé direito. Ao olhar para baixo, viu que a cobra a havia mordido.

- você é venenosa! – gritou. – Vou morrer logo!

A cobra não disse nada.
- Como você fez isso comigo? Eu salvei sua vida!

- Aquele dia, quando você se abaixou para me salvar, sabia que eu era uma cobra, não sabia?
E, lentamente, rastejou para fora.

O inimigo interno

Nasrudin viu um homem sentado na beira de uma estrada, com ar de completa desolação.

- O que o preocupa? – quis saber.

- Meu irmão, não existe nada interessante na minha vida.
Eu tenho dinheiro suficiente para não precisar trabalhar, e estava viajando para ver se havia alguma coisa curiosa no mundo.
Entretanto, todas as pessoas que encontrei nada tem de novo para me dizer, e só conseguem aumentar meu tédio.

“Enfim: posso dizer sem qualquer medo que apesar de tudo que fiz, não consegui encontrar a paz que buscava. Transformei-me em meu pior inimigo”.
Na mesma hora, Nasrudin agarrou a mala do homem, e saiu correndo pela estrada. Como conhecia a região, rapidamente conseguiu distanciar-se dele, pegando atalhos pelos campos e colinas.
Quando se distanciou bastante, colocou de novo a mala no meio da estrada por onde o viajante iria passar, e escondeu-se por detrás de uma rocha. Meia hora depois o homem apareceu, sentindo-se mais miserável que nunca, por causa do ladrão que encontrara.

Assim que viu a mala, correu até ela e abriu-a, ofegante. Ao ver que seu conteúdo estava intacto, olhou para o céu cheio de alegria, e agradeceu ao Senhor pela vida.

“Certas pessoas só entendem o sabor da felicidade, quando conseguem perdê-la”, pensou Nasrudin, olhando a cena.

Fonte:http://www.warriorofthelight.com/port/index.html . (Guerreiros da Luz on line) - Autor: Paulo Coelho

Antes de mais nada vamos analisar a origem da palavra "inimigo", no Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa, de Aurélio Buarque de Holanda , este adjetivo significa: aquele que  não é um amigo;  adversário; contrário; nocivo; indivíduo que tem ódio a alguém ou a nós. Pois bem, as duas histórias apresentadas por Paulo Coelho nos mostram duas facetas: os inimigos externos e os internos.   

A primeira narração mostra como nós seres humanos confiamos mias nas pessoas e/ou situções do que deveríamos. E isso acontece não porque somos ingênuos ou influenciáveis, porém quando alguém quer realmente prejudicar outra pessoa faz de tudo para não mostrar sua verdadeira face e intenção. Passamos por situações deste tipo com falsos amigos que se aproximam por conivência, colegas de trabalho que se fazem de coitados e nos atraiçoam pelas costas, familiares que nos apoiam da boca pra fora e também no setor amoroso, não raro nos vimos envolvidos com pessoas que não mostram suas verdadeiras intenções. Aqui cabe bem a máxima "criamos cobra para nos morder" e isso acontece mais do que se imagina ou do que admitimos. Este inimigo externo é nocivo, nos magoa, faz sofrer , mais é uma situação que com um pouco de perspicácia e auto estima podemos nos livrar e retornar nossa vida normalmente. Evidente que algumas situações limite deixam marcas profundas, às vezes de dificil cicatrização, mas curáveis.

Agora a segunda situação apresentada é uma tanto mais delicada e preocupante. É quando nos tornamos nossos próprios inimigos. Inimigo, portanto, tem uma conotação que pode variar quase ao infinito na nossa escala de julgamento. Quando insistimos em situações infrutíferas, desgastantes, nos deixando abater pela depressão ou estress, onde quem impera é o ego, estamos nada menos que nos fazendo mal, minando oportunidades de felicidade.   


Quando o homem da narrativa diz “posso dizer sem qualquer medo que apesar de tudo que fiz, não consegui encontrar a paz que buscava. Transformei-me em meu pior inimigo”. Ele estava certo, porque apostava na paz como algo a ser obtido através de aquisições financeiras, montanhas de amigos (que nem sempre são verdadeiros), ao invés de buscá-la dentro de si e nos valores adquiridos ao longo da vida. 

Diz o  mestre budista Mestre Hsing Yün, " Quando somos preguiçosos, a preguiça é nossa inimiga. Se odiamos, o ódio é nosso inimigo. Quando somos egoístas, o egoísmo é nosso inimigo. Aqueles que não se esforçam no trabalho dificultam o progresso de seus patrões, que acabam fechando as portas e os demitindo. Nesse caso, não são eles próprios os seus inimigos? E quanto àqueles que se embriagam e causam problemas, ou adoecem por causa de sua vida desencaminhada? Não são eles seus próprios inimigos?"

Enfim o que tanto Paulo Coelho, como esse mestre budista nos deixa de reflexão é que  devemos aprender  a sermos mais amigos de nós mesmos, abrir nossos corações e  mente  aos bons sentimentos e ações  ai sim alcançaremos essa PAZ que procuramos. 



Márcia Canêdo

By JORNALISMO ANTENADO with 15 comments

    • Popular
    • Categorias
    • Arquivos