Slideshow

História, Mulher so séc. XXI e o Poder

A nova mulher pós-moderna é mãe, esposa, dona de casa, empresária, empreendedora, arrimo de familia, e por que não Presidente da República?[...]

Leia mais!

Crônicas de uma Julieta do séc. XXI

Julieta Augusta era como toda jovem do séc XXI, principalmente no quesito resvoltada sem causa. Aliás não diria que faltasse motivos para revolta já que sua mãe teve a infeliz ideia de lhe presentear com um nome duplo.[...]

Leia mais!

Crônicas de uma Julieta do séc. XXI - 2ª parte

Na teoria as coisas sempre funcionam melhor que na prática e não seria diferente no caso de Julieta e Carlos. Neste ponto é preciso abrir um[...]

Se você gostou,

Leia mais!

Curiosidades da História da Publicidade no Brasil

A década de 80 seria a década da mais rápida e de definitiva transformação econômico-política internacional de que se teve notícia no século. O começo dos anos 80 seria o início do amadurecimento do mercado editorial brasileiro, em termos mercadológicos.[...]

Leia mais!

Rock In Rio 2011: Novidades do Fsetival

O Rock in Rio completou no início deste mês 26 anos desde sua estreia , em 1985. Neste meio tempo, foram muitas histórias e momentos inesquecíveis que transformaram toda uma geração[...]

Leia mais!

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Feliz Ano Novo!!!

Chegamos ao último dia do ano de 2010... e depois da meia-noite, virá o Ano Novo! O engraçado é que - teoricamente - continua tudo igual.

Ainda seremos os mesmos.
Ainda teremos os mesmos amigos.



Alguns o mesmo emprego.
O mesmo parceiro(a).

As mesmas dívidas (emocionais e/ou financeiras).
Ainda seremos fruto das escolhas que fizemos durante a vida.

Ainda seremos as mesmas pessoas que fomos este ano.
A diferença, a sutil diferença, é que quando o relógio nos avisar que é meia-noite, do dia 31 de dezembro de 2010, teremos um ano in-tei-ri-nho pela frente!

Um ano novinho em folha!
Como uma página de papel em branco, esperando pelo que iremos escrever.
Um ano para começarmos o que ainda não tivemos força de vontade, coragem ou fé...

Um ano para perdoarmos um erro, um ano para sermos perdoados dos nossos... 365 dias para fazermos aquilo que quisermos... Ou para deixarmos que façam o que quiserem conosco...

Sempre há uma escolha... E, exatamente por isso, eu desejo que os meus amigos façam as melhores escolhas que puderem.

Desejo que sorriam o máximo que puderem.
Cantem aquilo que quiserem.
Beijem muito.

Amem mais.
Abracem bem apertado.
Durmam com os anjos.

Sejam protegidos por eles.
Agradeçam por estarem vivos e terem sempre mais uma chance para [re]começar.

Agradeçam as suas escolhas, pois certas ou não, elas são suas. E ninguém pode ou deve questioná-las.

E eu gostaria de agradecer aos amigos que eu tenho.
Aos que me 'acompanham' desde muito tempo.
Aos que eu fiz este ano.

Aos que eu escrevo pouco, mas lembro muito
Aos que eu escrevo muito e falo pouco.
Aos que moram longe e não vejo tanto quanto gostaria.

Aos que moram perto e eu vejo sempre.


Aos que me 'seguram', quando penso que vou cair.


Aos que eu dou a mão, quando me pedem ou quando me parecem um pouco perdidos.



Aos que ganham e perdem.
Aos que me parecem fortes e aos que realmente são.

Aos que me parecem anjos, mas estão aqui e me dão a certeza de que existe algo de divino neste mundo.

Porque ninguém seria um anjo na vida de outra pessoa, se não tivesse uma centelha divina dentro de si.

 

Que todos os seus desejos se realizem, um Feliz 2011!

Márcia Canêdo


By JORNALISMO ANTENADO with 4 comments

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Chegou o verão! - Luiz Fernando Veríssimo

Chegou o verão!

Verão também é sinônimo de pouca roupa e muito chifre, pouca cintura e muita gordura, pouco trabalho e muita micose.
Verão é picolé de Kisuco no palito reciclado, é milho cozido na água da torneira, é coco verde aberto pra comer a gosminha branca.
Verão é prisão de ventre de uma semana e pé inchado que não entra no tênis.

Mas o principal ponto do verão é.... A praia!
Ah, como é bela a praia.
Os cachorros fazem cocô e as crianças pegam pra fazer coleção. Os casais jogam frescobol e acertam a bolinha na cabeça das véias.Os jovens de jet ski atropelam os surfistas, que por sua vez, miram a prancha pra abrir a cabeça dos banhistas.

O melhor programa pra quem vai à praia é chegar bem cedo, antes do sorveteiro, quando o sol ainda está fraco e as famílias estão chegando. Muito bonito ver aquelas pessoas carregando vinte cadeiras, três geladeiras de isopor, cinco guarda-sóis, raquete, frango, farofa, toalha, bola, balde, chapéu e prancha, acreditando que estão de férias.

Em menos de cinqüenta minutos, todos já estão instalados, besuntados e prontos pra enterrar a avó na areia.

E as crianças? Ah, que gracinhas! Os bebês chorando de desidratação, as crianças pequenas se socando por uma conchinha do mar, os adolescentes ouvindo walkman enquanto dormem.

As mulheres também têm muita diversão na praia, como buscar o filho afogado e caminhar vinte quilômetros pra encontrar o outro pé do chinelo.
Já os homens ficam com as tarefas mais chatas, como furar a areia pra fincar o cabo do guarda-sol. É mais fácil achar petróleo do que conseguir fazer o guarda-sol ficar em pé.
Mas tudo isso não conta, diante da alegria, da felicidade, da maravilha que é entrar no mar! Aquela água tão cristalina, que dá pra ver os cardumes de latinha de cerveja no fundo. Aquela sensação de boiar na salmoura como um pepino em conserva.
Depois de um belo banho de mar, com o rego cheio de sal e a periquita cheia de areia, vem àquela vontade de fritar na chapa. A gente abre a esteira velha, com o cheiro de velório de bode, bota o chapéu, os óculos escuros e puxa um ronco bacaninha.

 

Isso é paz, isso é amor, isso é o absurdo do calor!!!!! Mas, claro, tudo tem seu lado bom.
E à noite o sol vai embora. Todo mundo volta pra casa tostado e vermelho como mortadela, toma banho e deixa o sabonete cheio de areia pro próximo. O shampoo acaba e a gente acaba lavando a cabeça com qualquer coisa, desde creme de barbear até desinfetante de privada.
As toalhas, com aquele cheirinho de mofo que só a casa da praia oferece. Aí, uma bela macarronada pra entupir o bucho e uma dormidinha na rede pra adquirir um bom torcicolo e ralar as costas queimadas.


O dia termina com uma boa rodada de tranca e uma briga em família. Todo mundo vai dormir bêbado e emburrado, babando na fronha e torcendo, pra que na manhã seguinte, faça aquele sol e todo mundo possa se encontrar no mesmo inferno tropical...

Luiz Fernando Veríssimo


By JORNALISMO ANTENADO with 8 comments

sábado, 25 de dezembro de 2010

Balanço Geral de 2010

Lendo o post de um amigo querido , o Iúri do Blog Simples Assim , comecei a refletir sobre o ano de 2010,  não apenas na minha vida, mas de forma geral .

Iniciamos o ano com aquele triste desabamento em Angra dos Reis seguido de várias manifestações da natureza, não apenas no Brasil , que nos cobra a analisarmos nossas ações. Paralelo a isso presenciamos ações de violência nos lares, ruas, campos de futebol, bairros e favelas onde a cada dia a notícia nos jornais era de morte e devastação. Fomos "obrigados" a vivenciar através das lentes da mídia a invasão dos policiais tomando posse do "Morro do Alemão". Cenas chocantes de pessoas inocentes desnorteadas com receio de serem atingidas por engano....bandidos deixando rastro de destruição por onde passavam fugindo dos policiais .

Descobrimos que apesar de termos uma história de vitórias em copa do mundo , mais uma vez adiamos um novo título por se achar superior aos adversários quando na realidade a fogueira de vaidades corria solta quando estávamos em campo.

 
 2010 ficará marcado de diversas formas, uma delas mudando para sempre a  história política de nosso país. Pela primeira vez teremos uma mulher á frente do governo do Brasil, eleita de forma democrática , num país machista e patriarcal,  porém onde a maioria da população é feminina . O que virá desse governo só o tempo nos dirá, especulações contra e a favor não faltam, mas a verdade é que ninguém pode prever o que nos espera. Resta-nos torcer que essa mudança beneficie aqueles que mais precisam e se converta em uma melhora na vida desse povo tão sofrido. Algo que a grande maioria tem consciência é que não bastam políticas meramente assistencialistas.


 O povo precisa de empregos, não de esmolas

Enfim o papa admitiu o uso da camisinha em "alguns casos" ..... perá ai né... creio que a maioria concordará que não deveria ser somente em alguns ...mas já é um avanço em nossa tradicional igreja Católica. Se pararmos pra pensar muitos dógmas deveriam já ter sido reformulados ou caído por terra.
Como dizia Lulu Santos "assim caminha a humanidade, com passos de formiga e sem vontade". 


O que desprender então do ano de 2010 ?! Que está em nossas mãos nosso futuro. Se ele será tranquilo, cheio de obstáculos ou tortuoso dependerá de nossas ações . O mundo gira em torno dos nossos atos. Parar simplesmente e reclamar não nos leva adiante só cria gastrite no estômago e infartos do miocárdio . Tanto podemos fazer para que nosso futuro seja melhor. E o futuro começa agora e está nas mãos de cada um de nós escrever sua história, façamos portanto nossa parte.


Bom estes foram alguns dos pensamentos que circularam em minha cabeça nas duas últimas semanas e por fim  deixo um vídeo de presente para que todos reflitam e imaginem também um mundo melhor.


video


Márcia Canêdo

By JORNALISMO ANTENADO with 8 comments

    • Popular
    • Categorias
    • Arquivos